Filhos e Consumismo

Não nascemos consumistas, somos influenciados todos os dias pelas mídias e sem ver somos estimulados a consumir cada vez mais e de forma inconsequente.

As nossas crianças também influenciam diretamente nossas compras e segundo pesquisas, bastam 30 segundos para uma marca influenciar uma criança.

Quando estamos inseridos neste meio fica muito difícil resistir aos apelos e vontades de nossos filhos.

Desde que fui mãe, em decisão conjunta com meu marido optamos por tentar criar nossas filhas com regras rígidas em relação ao consumismo desnecessário. Elas sabem que não existe aqui em casa brinquedos fora de época, roupas e calçados se não houver a real necessidade de compra. Funciona mais ou menos assim: compra-se tênis se o tênis antigo não servir mais.

Outra regra que temos em casa é que quando entra um brinquedo ou uma roupa nova, sai brinquedo ou uma peça de roupa em bom estado para doação. Assim evitamos aquele acumulo desnecessário de objetos sem uso, além de passar para uma outra pessoa que pode estar precisando.

Abrimos o consumo quando elas querem livros, desde que o ultimo livro adquirido tenha sido finalizado. Doamos também com frequência alguns livros, deixando aqueles de preferência das meninas em casa.

Incentivamos e brincamos junto com as meninas de construir brinquedos com material reciclável. Meu marido possui vários peças e pedaços de produtos sem uso que reutiliza com elas.

Posso afirmar que até hoje essas regras tem dado bons resultados. Falar o NÃO hoje pode ajudar muito na formação e incentivo do consumo consciente no futuro.

Leia mais: Não compre, troque um brinquedo …

Anúncios

7 Comments

  1. Perfeito, Carol! Ah se todas as mães pensassem assim, talvez hoje não teríamos crianças insatisfeitas com tudo, que não dão valor à coisa alguma e sem aceitar NÃO como resposta, intolerantes a qualquer frustração. Parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Exatamente, Carol! Perguntar-se sempre o porquê e o pra quê do que se consome, pois muitas vezes está associado a alguma outra carência que, se resolvida, tira a “necessidade” de consumir. Acho que consciência sobre nossos sentimentos e emoções e ajudar nossos filhos a olhar pra isso é o que trará as mudanças de que o mundo precisa… Parabéns por buscar fazer sua parte como educadora da nova era!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Carol, aqui em casa tentamos fazer o mesmo, sempre que compramos alguma coisa, fazemos uma doação correspondente. Controlar o consumismo das crianças de hoje não é fácil! Mas os pais devem sempre dar o exemplo ! Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: