5 dicas para ajudar seus filhos em situações de bullying

 

O tema já foi abordado aqui no blog anteriormente no post “Mais uma conversa sobre BULLYING”, mas desta vez decidi voltar ao assunto após uma nova visão abordada em um blog chamado “MOMTRENDS”.

O artigo passa 5 estratégias para empoderar e mostrar a criança que ela pode tentar mudar o curso da situação de bullying do qual esta sendo vítima, através da linguagem corporal.

Esta abordagem é uma forma diferente de tentar lidar com a situação sem deixar de lado e nem tentando substituir toda orientação padrão que costumamos a passar para os filhos.

Fiz uma versão livre para o português das dicas da especialista em linguagem corporal Yana German:

  1. Postura: uma das dicas mais importantes é manter uma postura aberta. “Os pais devem sempre encorajar seus filhos a manterem sempre a cabeça erguida e o queixo para cima” diz Yana. “Ter uma boa postura aumentará instantaneamente sua confiança. Manter os ombros para trás e abrir o peito é uma dica rápida que opera maravilhas. Além de dar a impressão à própria criança de que é maior do que realmente é, esta postura irá aumentar a sua confiança pessoal” explica German.
  2. Contato Visual: Quando uma criança esta conversando com outra, ela deve sempre manter o contato visual. Manter um bom contato visual faz transparecer sua confiança de um modo não verbal. Esta estratégia pode ser facilmente praticada nas refeições à mesa, enquanto conversamos sobre acontecimentos do dia ou durante o momento de colocar as crianças para dormir.
  3. Sorriso: A criança que faz o bullying costuma atacar a vitima através de sua baixa auto-estima e também aquelas crianças que se mostram mais tímidas e vulneráveis.  “O sorriso serve como uma barreira contra toda negatividade, e a criança que pratica o bullying raramente terá como alvo uma vítima que se mostra feliz, sorridente, calma e irradiando boas energias” completa German.
  4. Seja maior do que a vida: usar o corpo para ocupar todo espaço físico ao seu redor o quanto for capaz. Balançar os braços, abrir os quadris, ampliar a postura. Ocupar mais espaço físico do que o habitual faz você se sentir mais poderoso e aumenta a confiança.
  5. Braços para baixo: Cruzar os braços é um grande sinal de que você esta na defensiva. Para parecer receptivo, aberto a novas amizades e pronto para se juntar a um grupo, lembre seu filho de manter sempre os braços ao lado do corpo, sem cruza-los (manter os braços dentro dos bolsos pode ser uma alternativa). Esta atitude passa a mensagem que o coração esta aberto e receptivo.

Conversar com os filhos com naturalidade e sem tabus pode fazer uma grande diferença!

Anúncios

One Comment

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: